Na hora de armazenar um vinho podem pintar algumas dúvidas.

O silencio, a ausência de iluminação e temperatura correta são algumas das condições que o vinho melhor se adapta. Tem adega climatizada? Investir em uma é um bom negócio para que seu vinho esteja em perfeitas condições. O mercado hoje oferece muitas marcas e modelos que variam de uma média de R$ 600,00, as mais simples, às melhores com 2 estágios (vinho branco e vinho tinto) a partir de R$1500,00.

Mas se quer estocar vinhos e não tem adega, isso não é um problema. Sabe aquele armário úmido que tem em casa que mofa sapatos? Esse é o lugar perfeito!

Deitado ou em pé? Manter os vinhos na posição horizontal é a forma correta para armazenar os vinhos, mas essa regra não se faz necessária para vinhos frescos, como vinho verde e espumantes (em geral). Basta estar em local fresco e arejado como todos os vinhos devem ficar.

Quanto tempo dura o vinho após aberto – o melhor é você abrir e beber a garrafa de vinho no mesmo dia, dividindo para 3 pessoas. Se for guardar para o dia seguinte a qualidade altera um pouco, mas nada que comprometa demais. Mas não deixe passar disso.

Existem acessórios para aumentar a durabilidade do vinho após aberto.  Um que eu indico é o vácuo van. Essa peça retira o ar de dentro da garrafa, fazendo com que o vinho não oxide. Mas se a garrafa for aberta por várias vezes o vinho não vai durar mais que 5 dias. Isso vale para os vinhos tintos, rosês e brancos “tranquilos”. Para vinhos gaseificados e espumantes o ideal é abrir e beber, mas pode segurar as borbulhas por mais algumas horas com uma tampa especial com alta pressão (encontrada em lojas especializadas).

Quanto mais velho melhor? Isso é um mito.  Vinhos jovens devem ser bebidos no mesmo ano ou no ano seguinte. Isso para aproveitar melhor seu frescor. De nada vai servir guardar aquele vinho que ganhou de casamento em 1975 por 30 anos se não for um vinho com potencial de envelhecimento. Ele vai ficar acético (lembrando a vinagre).

Já os vinhos de guarda podem ser armazenados, mas tem que ter conhecimento ou orientação de um especialista. Algumas vinícolas dão sugestões no contra-rótulo.

Se você levou o vinho à adega ou geladeira, melhor que permaneça gelado até o termino da garrafa. Vinho não gosta de sofrer choques de temperatura.

Um dos grandes erros é comprar um vinho e deixar ele no carro enquanto você trabalho o dia todo, vai esquentar e com isso pode oxidar o vinho.

Sobrou vinho? Vinho chato”, chamamos assim o vinho depois de aberto por muito tempo. Jogo fora?  Não! Use um saco ou formas de gelo para armazenar a sobra de vinho, serve como tempero e molhos de carne. Essas são algumas regras simples para manter a qualidade dos vinhos sem muito trabalho. Que tal experimentar?

1 comment

  1. Pingback: Variedades de vinhos que você deve ter em sua adega! – Maia Sommeliere

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Go top
WhatsApp chat